Sobram vagas, falta mão de obra

Atualizado: 3 de dez. de 2021

Wykrota Law Firm | Francisco Wykrota


Esta é a realidade vivida atualmente nos Estados Unidos. O governo americano divulgou recentemente a criação de 531.000 postos de trabalho no mês de outubro, fazendo a taxa de desemprego cair para 4,6%. Setores como lazer e hotelaria, serviços profissionais e comerciais, indústria manufatureira, assim como transporte e armazenamento, foram os grandes responsáveis pelo aumento. No entanto, apesar da criação de mais de meio milhão de vagas, o país ainda necessita preencher outras 4,2 milhões.

A falta de profissionais qualificados não é um fenômeno novo registrado nos Estados Unidos, mas a situação se agravou com o avanço da pandemia de covid-19. O percentual de pessoas que trabalham ou procuram emprego entre a população economicamente ativa, ou seja, a chamada taxa de atividade, caiu quase dois pontos percentuais, indo de 63,3% antes da crise, para 61,6% agora.

Não apenas nos Estados Unidos, mas em outras economias desenvolvidas, estão sendo implantadas novas medidas de imigração, como a redução das barreiras à entrada de imigrantes qualificados, a digitalização de vistos para reduzir a papelada, o aumento dos requisitos salariais para reduzir a exploração e a promessa de um caminho para a residência permanente para os trabalhadores mais demandados.

Um passo essencial para conseguir trabalhar em uma destas vagas é a obtenção de um visto de trabalho, podendo esse ser temporário ou de residência permanente, esse último que concede o conhecido Green Card. Dentre os cinco tipos de vistos americanos de residência permanente baseados na empregabilidade, dois podem ser requeridos por petição própria, sem a necessidade de um empregador ser patrocinador do pedido, o EB-1 para Habilidades Extraordinárias e o EB-2 dentro do interesse Nacional Americano (NIW).

O visto EB-1 é utilizado por três tipos de profissionais, aqueles que que atingiram o topo de suas carreiras (habilidades extraordinárias dentro das áreas de artes, ciências, educação, negócios e/ou ciências), professores e pesquisadores extraordinários ou ainda executivos de multinacionais. A categoria EB2 é aplicável para profissionais dentro das áreas de negócios, educação e/ou ciências. Este tipo de visto é pertinente a duas classes de profissionais, aqueles com uma graduação avançada ou com habilidades excepcionais.


 

Wykrota Law Firm

Francisco Wykrota

fwykrota@wykrotalaw.com


Saiba mais sobre a Wykrota Law Firm:

Acesse o site ou entre em contato.

Receba as notícias do blog em seu e-mail

e fique por dentro das novidades.